Justiça e verdade

hammer

Hoje tenho o prazer de apresentar mais uma profecia de Isaías, feita cerca de 700 anos antes de Jesus nascer. A descrição completa de como seria o reino do Messias está no capítulo 11. Se você desejar ter uma idéia mais clara sobre o assunto, leia todo o capítulo 11 de Isaías.

O Senhor Deus tinha grandes planos para a nação de Israel, quando foi estabelecida. O povo escolhido tinha a responsabilidade de ser mensageiro de luz e verdade para o mundo daquela época. Porém, a desobediência dessa nação, ao invés de trazer alegria ao coração de Deus, trouxe tristeza, vergonha e humilhação. Israel, vergonhosamente, foi levado cativo por nações pagãs. Porém, apesar de todo esse fracasso, Isaías, profetizou que da descendência de Davi se levantaria um rei, que concluiria o que Davi e seus sucessores não conseguiram.

Isaías 4:2, diz: “Naquele dia o Renovo do Senhor será cheio de beleza e de glória, e o futuro da terra excelente e formoso para os que escaparem de Israel”. A árvore (símbolo de Israel) seria cortada, porém um renovo brotaria, cresceria e floresceria. Se converteria numa frondosa árvore, que iria cobrir toda a terra. Uma forma poética de anunciar a extensão do reino do Messias.

Ouça algumas características desse reino:

Verso 5: “E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a verdade o cinto dos seus rins”. O Messias está vestido com roupas de justiça. Isto é uma figura que indica uma estrita atenção a justiça, a verdade, a integridade e a fidelidade. O Messias seria a encarnação da justiça.

Eu gostaria que você pensasse em duas coisas neste momento. A primeira é o desejo de justiça que o ser humano tem. Há um clamor generalizado por justiça em todos os lugares. É verdade que muitas vezes a justiça não acontece para quem pede. Pelo fato de em vários momentos a justiça não ser executada, muitos hoje a estão fazendo com as próprias mãos.

Mas é correto fazer justiça com as próprias mãos? É correta a pena de morte? O ser humano sem Deus não tem como ser justo ou fazer justiça plena. Por isso amigo ouvinte, nunca se atreva a querer tomar em suas mãos a atribuição da justiça. Nunca busque a vingança. Aquele que está envolvido com o reino de Deus jamais defenderá ou procurará tais métodos. A justiça pertence a Deus. Se você está sendo injustiçado, ferido, maltratado, busque os seus direitos, mas se na sua visão eles não forem atendidos, não faça bobagem. Deixe nas mãos dAquele que é só justiça.

Um segundo ponto que devemos pensar é sobre a verdade. A verdade é destacada na profecia como estando atada ao corpo. A verdade é inerente ao reino de Cristo.

Na minha frente tenho um microfone. Eu não posso ver você, aí, do outro lado. Mas, mesmo não podendo enxergar você, gostaria de lhe fazer algumas perguntas. E ao fazer estas perguntas estou partindo do princípio de que você é um cristão.

A primeira delas: se na escola ou faculdade, você cola na prova ou exame, isso não seria, ao seu modo de ver, uma espécie de mentira ou fraude? Quando você vende um veículo, conta todos os problemas ou defeitos que ele tem ou simplesmente diz que “é o carro mais inteiro que há no bairro ou na cidade”? Quando você diz para o seu marido que está com “dor de cabeça”, de fato está? Quando você está com seu grupo social preferido, ou para ficar mais claro, com os amigos mais íntimos, os comentários que são feitos de pessoas que não estão presentes, são todos eles sinceros e verdadeiros? Quando alguém vem contar algo a você, você se interessa pelo assunto ou questiona o interlocutor, se ele teria como provar ou poderia falar tudo aquilo na frente da pessoa envolvida? Ah! Como seria bom se todos defendessem a verdade e vivessem a verdade. No reino de Deus a verdade é como um cinto que o circunda!

Mas o que é a verdade? Já disse alguém que “é mais sábio quem sabe uma única verdade do que quem sabe um milhão de mentiras”. Jesus, quando aqui esteve disse o seguinte sobre este assunto: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32).

Amigo ouvinte, a verdade deve ser buscada, ensinada e vivida por todos os que se dizem cristãos. Como é triste encontrar ou conviver com pessoas ditas cristãs, que vivem a religiosidade apenas na aparência ou no nome. Mentem e enganam descaradamente.

A verdade deve circundar todo aquele que afirma que está se preparando para o reino que Jesus foi preparar. O apóstolo João chegou a escrever que se conhecermos a verdade ela nos libertará. Onde está a verdade? João 17:17 responde: “Santifica-os na verdade a tua palavra é a verdade”. A Bíblia diz que ela é a verdade. Diz também que a lei de Deus é a verdade e que Jesus é a verdade.

Amigo ouvinte, Isaías ao profetizar a vinda do Messias o definiu como sendo a verdade uma de suas principais características. E a verdade absoluta está contida na Bíblia. Não há verdade absoluta em outro lugar, nem na minha ou na sua consciência. A minha e a sua consciência só estarão corretas se estiverem de acordo com a palavra de Deus. O ser humano nunca foi, não é e nunca será fonte de verdade.

Por isso, não seja apenas um leitor da Bíblia. Seja um praticante convicto das verdades que estão contidas nesse livro.

E lembre sempre: Creia no Senhor teu Deus e você estará seguro, creia nos profetas dEle e você prosperará.

 

Fonte:
Encontro com as Profecias
WGospel – Rede Maranatha de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *