acazias

O doente vai morrer!

acazias

Após a morte de Acabe, rei de Israel, um novo rei foi nomeado. Acazias foi o oitavo rei de Israel e reinou apenas dois anos. Jezabel, mãe de Acazias, exerceu uma péssima influência na sua vida e no seu reinado. O período de seu governo foi de 853 a 852 AC. Ao assumir o reino, enfrentou o primeiro problema. Os moabitas se recusaram a pagar tributo a Israel, o qual constituía de cem mil ovelhas e o mesmo numero de carneiros (II Reis 1:1).

A profecia de Elias, que vamos analisar hoje, não foi feita diretamente para o rei Acazias e sim para os servos dele que estavam indo consultar a Baal Zebube, deus de Ecrom. “Por isso assim diz o Senhor: Da cama, a que subiste, não descerás, mas sem falta morrerás. Então Elias partiu” (II Reis 1:4).

Nos dois anos em que reinou, Acazias “fez o que era mau aos olhos do Senhor, porque andou nos caminhos de seu pai, como também andou nos caminhos de sua mãe… Serviu a Baal, e o adorou, e provocou a ira do Senhor Deus de Israel” (I Reis 22:54). Acabe e Jezabel ensinaram o erro de forma magistral. Acazias não os decepcionou.

Que tremenda responsabilidade é criar um filho. Os filhos são a continuação dos pais. Se você, pai que está me ouvindo agora, quer que seu filho seja honesto, pratique e defenda a honestidade na frente deles. Se você quiser que seu filho não seja um viciado em coisas que não prestam, não beba e nem fume junto e também longe dele. Há muitos pais que até chegam a castigar seus filhos quando são crianças por encontrarem com um cigarro na boca. Mas, que moral tem tal pai ou tal mãe para fazer isto se fumam na frente dos filhos? Pai, seu filho será você amanhã! Veja como anda porque, ele copiará tudo, e depois não vai adiantar chorar o mau exemplo dado.

Acazias estava num quarto de seu palácio e caiu. A Bíblia conta que era um quarto elevado. Em Samaria tudo o que podia ser realizado pela medicina da época foi feito, mas o rei não estava conformado com o seu estado de saúde, e pediu aos seus assessores que fossem até a cidade de Ecrom, no território dos filisteus, para ali consultar o deus Baal-Zebube, que quer dizer “o senhor das moscas”. Acazias queria saber se sararia dessa doença. Acreditava-se que o deus de Ecrom, dava informações sobre o futuro através de um médium dentre os sacerdotes. Dizem os historiadores que um grande número de pessoas ia até Ecrom para consultá-lo.

O grupo foi enviado e Deus deu uma ordem ao profeta. “Mas o anjo do Senhor disse a Elias, o tesbita: Levanta-te, sobe para te encontrares com os mensageiros do rei de Samaria e dize-lhes: Não há Deus em Israel, para irdes consultar a Baal Zebube, deus de Ecrom?”

Após fazer esta pergunta, Elias mesmo dá a resposta de Deus para que os mensageiros levassem a Acazias. Os servos do rei interromperam então a viagem e voltaram o mais rápido possível para contar a Acazias o que havia acontecido.

Note a descrição bíblica deste momento da história. “E os mensageiros voltaram para o rei, e este lhes disse: Que há que voltastes? Responderam eles: Um homem nos saiu ao encontro e nos disse: Ide, voltai para o rei que vos mandou, e dizei-lhe: Assim diz o Senhor: Não há Deus em Israel, para consultar a Baal-Zebube, deus de Ecrom? Portanto da cama, a que subiste, não descerás, mas sem falta morrerás” (II Reis 1:5-6).

Quando o rei ouviu esse relatório, logo perguntou como era o homem. Pela descrição feita, tinha quase a certeza de que era o profeta Elias. Enviou então dois grupos de soldados para intimidar a Elias, e os militares foram mortos pela ira de Deus. Quando o terceiro grupo chegou, Deus permitiu que o profeta deveria ir à presença do rei e repetir as mesmas coisas que já havia dito aos mensageiros.

Talvez você esteja se perguntando: “Por que Deus tratou esse doente dessa maneira?”

Quando estamos doentes, o que mais desejamos é a cura. Talvez neste momento esteja falando para alguém que está sofrendo dores horríveis e o que mais deseja agora é a libertação da dor. Mas, amigo ouvinte, não esqueça que há a maneira correta e o local correto para buscar a cura. Cristo disse: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” (João 10:10).

Acazias havia testemunhado as maravilhosas obras de Deus. Havia visto também as terríveis conseqüências que seu pai havia sofrido por ter adorado a Baal. Acazias viu um povo sendo destruído pela seca, que durou três anos, porém, simplesmente deixou de lado os reclamos da lei de Deus e tratou tudo isso como se fossem apenas tolas histórias. O resultado é que morreu, conforme a profecia.

Amigo ouvinte, Deus abomina a idolatria e a feitiçaria (Apocalipse 21:8). Por isso, apelo a você que está com alguma doença ou sofrendo porque já gastou tudo com tanta coisa inútil: busque a Deus. Não se envolva com feiticeiros, curandeiros e afins. Entregue sua vida ao Dono da vida, a Fonte da vida! Se Ele, em sua providência, achar que a cura é o melhor para você dê graças a Deus. Porém, se o nosso Deus achar que você deve permanecer com essa dor, Ele dará, como deu ao apóstolo Paulo, forças e condições de suportar. “A minha graça te basta”, é a promessa dEle!

Creia em Deus e você estará seguro. Creia nos profetas dEle e você prosperará.

 

Fonte:
Encontro com as Profecias
WGospel – Rede Maranatha de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *