israel

Profecia para Gade, Aser e Naftali

israel

É bom estar aqui mais uma vez e encontrar você aí, do outro lado. Seja bem vindo ao mundo extraordinário das profecias. Quero continuar estudando com você as profecias feitas por Jacó, no leito de morte, para cada um de seus filhos. Hoje vamos analisar o que Jacó disse para Gade, Aser e Naftali.

Comecemos por Gade. Gênesis 49:20: “Quanto a Gade, uma guerrilha o acometerá, mas ele a acometerá por fim”.

Quem foi Gade? Pouco foi escrito acerca desta tribo, mas esse pouco é de grande valor. Gade, foi o primeiro filho de Zilpa, serva de Léia. Léia não podia ter mais filhos, porém queria continuar aumentando sua prole; então achou por bem dar a Jacó a sua serva para que esta desse filhos.

Jacó queria dizer o seguinte para o seu filho: “Uma força te atacará continuamente, mas você será vitorioso, você vencerá”. Esta tribo teria que suportar com paciência todos os ataques dos inimigos, porém, com certeza os venceria.

Assim deve acontecer com os cristãos nestes dias difíceis que estamos vivendo. Todo aquele que com determinação e paciência resistir ao pecado será também um vencedor. Seremos vencedores não por nós mesmos, mas porque Jesus Cristo já derrotou Satanás na cruz do calvário. “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo” (João 16:33). Cristo dizia a seus discípulos que eles venceriam, e nós também venceremos o mundo porque Ele já o venceu. (Mundo, vale a pena explicar aqui, é uma referência a tudo o que contraria a vontade de Deus).

No evangelho de Lucas, no capítulo 10:18 é dito o seguinte: “Eu via Satanás como um raio cair do céu”. Jesus disse esta frase referindo-se ao abalo que a pregação do evangelho, anunciada pelos discípulos, estava fazendo ao império de Satanás. Os demônios eram expulsos, os doentes eram curados, os pecadores eram perdoados. Satanás estava sendo derrubado.

Jesus venceu o dono do mundo até então, o próprio Satanás. Assim, amigo ouvinte, todos nós podemos vencer. Jesus nos garante esta possibilidade, este privilégio. Não fique prostrado aí reclamando apenas dos ataques que está sofrendo nesses dias. Não fique prostrado se a doença chegou até a sua família. Deus pode dar a cura a você. Não fique reclamando que a sua família está sendo destruída. Levante-se e comece a reagir no poder de Jesus. Ele é o vencedor e é a Ele que nós adoramos. Ele tem poder e você tem que experimentar este poder em sua vida!

Outra característica desta tribo era a disposição para lutar em favor do que era correto. Em I Crônicas 18:8 é dito que os homens que foram para o exército eram homens valentes, chegando ao ponto de Davi tê-los comparado como leões. Hoje poucos querem defender a verdade. Amigo ouvinte, não tenha vergonha de defender as verdades da palavra de Deus. Não tenha vergonha de professar a sua fé onde você estiver. Ao ver o erro, proteste, fale, mostre de que lado você está. Não tenha vergonha de dizer que você ama a Jesus e que não participa das orgias deste mundo porque você é um cristão!

Vamos falar agora um pouco sobre o outro filho de Jacó, Aser. “De Aser o seu pão será abundante” (Gênesis 49:20). Aqui temos uma referência ao terreno frutífero que Aser receberia ao entrar na terra prometida. Aser recebeu as terras baixas do Carmelo, até o território de Tiro. Esta era uma das terras mais férteis de Canaã. Uma região rica que produzia muito trigo e olivais.

Amigo ouvinte, Deus quer nos dar abundância de pão, símbolo de prosperidade. Os cristãos devem ser pessoas que saibam administrar bem o seu dinheiro. Saibam gastar bem o seu dinheiro. Ser um cristão não é sinônimo de pobreza, de miséria. Hoje muitos se encontram em estado de absoluta miséria e a causa é fácil de ser descoberta. Perderam por completo o desejo de lutar, de estudar, de se aperfeiçoar na sua profissão. Primeiro são pobres de ideais e depois, fatalmente, serão pobres de bens materiais. E outra classe é pobre porque a preguiça tomou conta da pessoa. Prefere pedir a trabalhar. O sábio Salomão, no livro de Provérbios, capítulo 6:6, tem um conselho muito especial para este tipo de pessoas. “Vai ter com a formiga ó preguiçoso, olha para os teus caminhos, e sê sábio”.

Mas Gênesis 49:21 fala de mais uma profecia de Jacó para seus filhos. “Naftali é uma gazela solta que profere palavras formosas”. Quem foi Naftali? Foi o sexto filho de Jacó e o segundo de Bila, serva de Raquel. Temos poucas informações sobre Naftali e sua tribo. A referência que ele era como uma gazela solta pode ter a ver com a pronta disposição desta tribo para ajudar a seu irmão Zebulom diante do Rei Jabim de Canaã. A profetiza Débora comemorou a vitória de Israel em seu majestoso cântico relatado em juizes capítulos 4 e 5.

“Que profere palavras formosas”. Pode ser uma alusão da eloqüência de alguns membros desta tribo, como também ao dom do canto manifestado na tribo do norte.

Como seria bom se estas fossem as características de cada cristão. As nossas palavras deveriam mostrar sempre de que lado nós estamos e a quem servimos. Hoje poucos se preocupam com suas palavras. Não se importam se elas ferem, machucam ou elevam alguém. Há muitos que são duros nas palavras com seus empregados, familiares, colegas e, pior, ainda se dizem cristãos!

Como é boa uma palavra amiga, gentil. Como é bom ouvir um elogio sincero, um agradecimento honesto. Como é bom ouvir um “muito obrigado”, como é bom ouvir: “você está indo muito bem”. Como faz bem se alegrar com o sucesso de um amigo, de um colega.

Amigo ouvinte: cuide de suas palavras. Foi Cristo quem disse: “Porque por tuas palavras serás justificado, e pôr tuas palavras serás condenado” (Mateus 12:37).

E, não esqueça da promessa: “Creia no Senhor teu Deus e você estará seguro. Creia nos profetas dEle e você prosperará”.

 

Fonte:
Encontro com as Profecias
WGospel – Rede Maranatha de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *