luz solar

Exposição à luz solar

luz solar

Na dose certa, a luz solar é uma das grandes aliadas da saúde não apenas da mente, como também do corpo. Pesquisas já revelaram o papel fundamental na produção de vitamina D, responsável pelo bom funcionamento do organismo. Sua principal atuação está relacionada ao metabolismo do cálcio, item essencial na prevenção de doenças como osteoporose e raquitismo.

A chamada depressão sazonal é causada por longos períodos sem sol. Regulado pelo ciclo de luz e sombra, o funcionamento do corpo pode ser comprometido caso haja desequilíbrio entre esses dois elementos. Pesquisa publicada na revista científica The Lancet – especializada em oncologia, neurologia e doenças infecciosas – revelou que as mudanças de luminosidade ao longo do ano alteram os níveis de algumas substâncias produzidas pelo cérebro, entre elas a serotonina.

Orientação

Uma das principais orientações é que as casas tenham locais de iluminação solar. Às vezes, é necessário remover cortinas, abrir as janelas, suspender persianas para que os raios de sol entrem nos ambientes.

Dicas práticas

  • Se você não tem pele sensível e não toma medicamentos que causam fotossensibilidade, tome pelo menos 15 a 20 minutos de sol por dia entre as 10 e as 15 horas, nos braços e pernas, sem uso de protetor solar.
  • Os efeitos da exposição solar são potencializados se houver combinação com exercício físico e ar puro.
  • Para os que têm maior sensibilidade, recomenda-se tomar sol antes das 10 e depois das 15 horas.

 

Fonte: adventistas.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *