Arquivo da categoria: Saúde

Faça repouso

repouso

Pessoas que não dormem o suficiente sentem falta de energia para as tarefas diárias, ficam deprimidas ou irritadiças, queixam-se de dificuldade de concentração, apresentam maior frequência de doenças infecciosas, acidentes automobilísticos e envelhecem mais rapidamente.

Há evidências consistentes de que a privação de sono também aumente o risco de diabetes, hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e obesidade. Por outro lado, os adultos que dormem mais do que sete a oito horas por dia enfrentam problemas semelhantes aos que dormem menos do que o necessário.

Orientação

Os adventistas aconselham que, além de se dormir o número de horas correta diariamente, é importante reservar um dia da semana para um processo de restauração das relações sociais e familiares, descanso das atividades física e mentais cotidianas e maior conexão espiritual com Deus. A orientação é que esse dia de parada estratégica para o corpo e a mente seja o sábado.

Dicas práticas

Algumas dicas importantes para se dormir melhor:

  • Habitue-se a ter padrões regulares de sono, pois o corpo funciona em ritmos.
  • Faça exercícios regulares conforme a orientação do médico.
  • Não durma com o estômago cheio. Cultive o hábito de tomar uma refeição leve à tardinha ou bem cedo à noite.
  • Evite bebidas ou alimentos com cafeína, pois são estimulantes e podem tirar o sono.
  • Evite situações estressantes antes de dormir e tire TV ou computador do quarto. Resolva desentendimentos familiares durante o dia e não na hora do sono.
  • Concentre-se em questões espirituais, faça uma leitura bíblica e ore. Isso vai ajudar, também, no relaxamento.

 

Fonte: adventistas.org

Prática de exercício físico

exercicio

Estudos demonstram a importância dos exercícios físicos como fator que ajuda na terapia e medicação para melhora de sintomas depressivos. Uma das maiores análises de artigos científicos sobre o assunto, que levou em conta 25 pesquisas, identificou que o exercício produziu efeitos clínicos marcantes contra a depressão.

O exercício físico libera, no cérebro, substâncias que proporcionam a sensação de paz e tranquilidade. São as endorfinas, neuromediadores ligados à gênese do bem-estar e do prazer. Por ser um potente liberador de endorfina, o exercício físico cria a boa dependência quando praticado regularmente e faz falta como faria qualquer outra substância associada ao prazer.

Qualquer atividade física em que haja gasto de energia e aumento do metabolismo, seja ela ocupacional (subir escadas, carregar um pacote, fazer compras, lavar o carro, varrer a casa), seja formal (pedalar, nadar, dançar, caminhar, correr), é levada em conta para gasto calórico diário da pessoa.

Orientação

Os adventistas sugerem que as atividades físicas sejam feitas diariamente, pelo menos 30 minutos a cada dia. Há, também, pesquisas recentes que falam que três sessões de 10 minutos proporcionam os mesmos benefícios que uma sessão de meia hora.

Dicas práticas

  • Faça um plano de atividades físicas, mas sempre consulte um médico antes de iniciar. Leve em conta aspectos como frequência, intensidade, tempo e tipo de atividade física.
  • Aprenda mais sobre exercícios físicos e pesquise assuntos relacionados a seu interesse particular.
  • Avalie seu desempenho.
  • Avalie seu desempenho.

 

Fonte: adventistas.org

Exposição à luz solar

luz solar

Na dose certa, a luz solar é uma das grandes aliadas da saúde não apenas da mente, como também do corpo. Pesquisas já revelaram o papel fundamental na produção de vitamina D, responsável pelo bom funcionamento do organismo. Sua principal atuação está relacionada ao metabolismo do cálcio, item essencial na prevenção de doenças como osteoporose e raquitismo.

A chamada depressão sazonal é causada por longos períodos sem sol. Regulado pelo ciclo de luz e sombra, o funcionamento do corpo pode ser comprometido caso haja desequilíbrio entre esses dois elementos. Pesquisa publicada na revista científica The Lancet – especializada em oncologia, neurologia e doenças infecciosas – revelou que as mudanças de luminosidade ao longo do ano alteram os níveis de algumas substâncias produzidas pelo cérebro, entre elas a serotonina.

Orientação

Uma das principais orientações é que as casas tenham locais de iluminação solar. Às vezes, é necessário remover cortinas, abrir as janelas, suspender persianas para que os raios de sol entrem nos ambientes.

Dicas práticas

  • Se você não tem pele sensível e não toma medicamentos que causam fotossensibilidade, tome pelo menos 15 a 20 minutos de sol por dia entre as 10 e as 15 horas, nos braços e pernas, sem uso de protetor solar.
  • Os efeitos da exposição solar são potencializados se houver combinação com exercício físico e ar puro.
  • Para os que têm maior sensibilidade, recomenda-se tomar sol antes das 10 e depois das 15 horas.

 

Fonte: adventistas.org

Respiração de Ar Puro

ar

O ar que respiramos contém oxigênio. As células vermelhas pegam o oxigênio dos pulmões e o transportam para as células do corpo. Cada célula necessita de oxigênio para fazer funcionar suas “usinas” de energia. As células vermelhas do sangue, portanto, transportam o dióxido de carbono de volta para os pulmões. Quando nós expiramos, o gás carbônico é expulso com o ar pobre em oxigênio.

Orientação

É fundamental buscar lugares onde haja ventilação em que o ar puro pode ser respirado.

Dicas práticas

  • É importante manter toda a casa e o ambiente de trabalho bem ventilados, com as janelas abertas na maior parte do tempo
  • Não durma em quarto abafado. Essa dica é especialmente importante para o doente acamado. Se não é feita a ventilação adequada no quarto do doente, o paciente vai demorar mais tempo para se recuperar
  • Deixe que exista uma ventilação no quarto para renovar o ar durante toda a noite, mesmo que esteja frio e você tenha que usar um agasalho
  • Evite qualquer produto que possa provocar a poluição do ar ambiente, tais como venenos para matar pernilongos, fumaça de cigarros, aromatizantes químicos, incenso, etc.
  • Faça sua alimentação, sempre que possível, em ambiente de ar puro, e após, caminhe por uns 5 a 10 minutos, ao sol e ao ar livre. Após a caminhada, descanse 20 a 30 minutos.
  • Para uma maior ventilação do organismo, deve haver pelo menos 30 minutos diários de exercício aeróbico.

 

Fonte: adventistas.org

Ingestão Regular de Água

água

A água é vital para o ser humano e representa cerca de 60% do peso de um adulto e, no caso dos bebês, 70%. A água é essencial para transportar alimentos, oxigênio e sais minerais, além de estar presente naquilo que se elimina como suor e lágrimas, no plasma sanguíneo, nas articulações, nos sistemas respiratório, digestivo e nervoso, na urina e na pele. É responsável por 20% dos ossos e a recomendação comum é da ingestão de, no mínimo, 2 litros e meio por dia. Para gerar 1 litro de urina, os rins processam cerca de mil litros de sangue.

Dicas práticas sobre uso da água

  • Água pura é o melhor líquido para nosso corpo. A maioria das bebidas contém açúcar, o qual pode retardar a digestão, contribuir para o ganho de peso, provocar uma oscilação nos níveis de açúcar e requerer mais água para o metabolismo. As bebidas tipo “cola” ou gaseificadas contêm substâncias que podem prejudicar seriamente a absorção do cálcio do corpo enfraquecendo os ossos. Praticamente todos os refrigerantes contêm aditivos artificiais que podem irritar o estômago ou sobrecarregar os rins e o fígado.
  • Tome banhos regulares que ajudam a limpar a poeira e outros produtos não saudáveis da pele. Água fria pode ajudar a reduzir a febre e água quente pode aquecer um corpo que treme de frio. Um banho morno frequentemente ajuda também no repouso.

 

Fonte: adventistas.org