Arquivo da tag: presente

Quinze anos de presente!

relogio acaz

A profecia que vamos estudar hoje está em II Reis 20: 5 e 6 “Volta, e dize a Ezequias, chefe do meu povo: Assim diz o Senhor Deus de teu pai Davi: Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas. Eis que eu te sararei; ao terceiro dia subirás à casa do Senhor. E acrescentarei aos teus dias quinze anos…”

Essa profecia foi feita por Isaías. Vamos conhecer um pouco da história desse grande profeta. Ele foi contemporâneo de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, todos reis de Judá. Isaías era filho de Amós e desenvolveu seu ministério no reino do sul, com capital em Jerusalém, entre os anos de 742 e 687 AC.

A profecia de hoje envolve o rei Ezequias. Foi o décimo segundo rei de Judá. Reinou por vinte e nove anos, de 716/715-687/686 AC. Era filho de Acaz, e nasceu em torno do ano de 740 AC. Era descendente de Davi e foi um bom rei em Judá. O seu nome significa “Jeová é a força”. Tornou-se conhecido por sua piedade pessoal e por suas atividades políticas bem sucedidas. Promoveu grandes reformas espirituais, inclusive ordenou que os bosques onde Aserá era adorado fossem destruídos.

Durante o reinado de Ezequias Judá foi invadida por Sargão II e Senaqueribe, ambos reis da Assíria. Também foi o responsável pela construção de um túnel no monte Ofel, que trazia água das fontes de Giom, para dentro das muralhas de Jerusalém.

No ano de 701 AC Ezequias adoeceu e o profeta Isaías foi mandado ao encontro dele com uma mensagem estranha: “Põe a tua casa em ordem, porque morrerás e não viverás” (II Reis 20:1). O rei ficou assustado e buscou a Deus. “Então virou Ezequias o rosto para a parede, e orou ao Senhor” (II Reis 20:2). Perceba que ele não culpou a ninguém, não se revoltou, mas fez o que todos deveríamos fazer, numa situação como essa. Na sua oração Ezequias mencionou sua fidelidade e dedicação a Deus.

Diz o relato bíblico que Isaias já havia saído do quarto do rei, mas não totalmente do palácio, e uma nova mensagem foi dada. O profeta, sob a ordem de Deus, retorna com um recado maravilhoso. Deus havia ouvido as orações e visto as lágrimas de Ezequias.

Amigo ouvinte, talvez a história de Ezequias seja a sua história. Eu quero falar a você que está enfermo, está confinado em uma cama por muitos anos. Quero chamar a sua atenção para três pontos básicos.

O primeiro ponto é que devemos por a vida em ordem. A mesma ordem dada a Ezequias é válida para todos nós. A morte é a coisa mais certa que temos pela frente. A qualquer momento o coração poderá deixar de bater, um acidente grave poderá acontecer, uma doença fatal poderá nos atingir. A vida pode acabar a qualquer momento. Por isso, não devemos perder tempo com brigas ou inimizades. A vida é muito curta! Coloque-a em ordem!

O outro ponto, muito bonito nessa profecia, é que Deus está vendo o que está acontecendo com você. Deus sabe que hoje você está feliz porque depois de anos conseguiu a sua casa própria ou porque passou no vestibular ou por qualquer outro motivo. Deus sabe, Deus vê. Mas Deus também sabe das suas dores, das suas aflições, das suas ansiedades. Nada passa despercebido diante dos olhos de Deus. Deus viu as lágrimas de seu filho Ezequias. Deus vê as suas também!

E o terceiro ponto que me chama a atenção: Deus ouviu a oração de Ezequias. O profeta nem havia saído do palácio e já foi dada uma nova ordem a Isaias. Amigo ouvinte, Deus sempre ouve as nossas orações. Deus vai ouvir a sua voz, e pode ter certeza que o melhor será feito!

A mensagem era clara. O rei sararia e no terceiro dia iria ao templo, como prova da cura e que teria mais quinze anos de vida. Ao ouvir esta boa notícia, à semelhança de muitos outros, Ezequias pediu um sinal, que o relógio de Acaz retrocedesse 10 graus (II Reis 20:9). O profeta orou e o sinal pedido aconteceu. Foi curado completamente!

Lá do outro lado do Jordão, nos férteis vales do Tigre e do Eufrates, viviam homens sábios que dedicavam muito tempo ao estudo da astronomia; e quando notaram que a sombra do quadrante solar havia regredido dez graus, ficaram grandemente maravilhados. O rei Merodaque-Baladã, de Babilônia, tendo sido informado de que esse milagre se realizara como sinal da benção de Deus ao rei de Judá, enviou mensageiros até Jerusalém para conhecer mais essa história.

Quando os visitantes chegaram, porém, Ezequias se preocupou em mostrar as riquezas do seu reino e perdeu a grande oportunidade de falar de Deus em sua vida. Imagine que oportunidade Ezequias teve de falar do poder de Deus, de como a sua vida foi milagrosamente poupada! Mas o orgulho tomou conta do coração e o rei apenas mostrou os seus tesouros, a fortuna, a riqueza… Infelizmente, esqueceu de falar dAquele que fizera tudo por ele!

Amigo ouvinte, tudo o que temos foi dado por Deus. Porém, hoje o problema se repete. A maioria esquece que, se estamos vivos agora é apenas pela graça de Deus. Atribuem os milagres silenciosos do Criador à sorte ou coincidência. É comum ouvirmos estas frases: “Hoje por sorte não fui atropelado por um carro.” “Que sorte que meu filho teve hoje, conseguiu um bom emprego.” Para nós, cristãos, não existe “sorte”. O que acontece são milagres silenciosos de Deus!

Ezequias viveu os seus quinze anos de graça, mas perdeu a oportunidade de dar um grande testemunho de sua fé e do seu Deus aos visitantes de Babilônia.

Pense sobre isso e creia no Senhor Deus para estar seguro. Creia nos profetas dEle e você prosperará.

 

Fonte:
Encontro com as Profecias
WGospel – Rede Maranatha de Comunicação